Personal Estetic Leonardo Paiva

O diferencial do nosso trabalho é o atendimento especializado com comprometimento e resultado.

Atendimento VIP

Saiba porque você também deve ser um cliente amigo do Personal Estetic, quais são os benefícios e o diferencial na execução dos tratamentos.

Tratamentos Especializados

Dentre os diversos tratamentos realizados pelo Peronal Estetic, o Terapêuta Leonardo Paiva, destacamos atendimento a gestante, idosos, pós-operatório cirurgico e spa day.

AGENDAMENTO ONLINE

Atendimento realizado todos os dias da semana (inclusive sábado, domingo e feriado) para melhor comodidade do amigos clientes do PERSONAL ESTETIC Leonardo Paiva. CONFIRA AGENDA SEMANAL E MARQUE SUA CONSULTA ONLINE !

REVISTA ONLINE PERSONAL ESTETIC - SAÚDE E ESTÉTICA

Mais uma novidade ousada do Personal Estetic, um Boletim enviado a cada 2 semanas, atualizando você das novidades em Saúde e Estética, interamente GRÁTIS por email. FAÇA JÁ SEU CADASTRO E RECEBA SUA REVISTA ELETRÔNICA!

CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES

O serviço especializado, que qualquer pessoa pode ter acesso, estaremos sempre atualizando promoções, sorteios, pacotes promocionais, promoções relâmpago, etc. CONFIRA ESSA DICA!

PAGAMENTO ONLINE

Disponibilizamos PAGAMENTO ONLINE neste site pelo Mercado Pago Seguro para os tratamentos desejados, com todos os cartões de crédito EM ATÉ 12X (realizando 1 sessão ou pacotes) e no boleto bancário. MARQUE JÁ SUA SESSÃO!

domingo, 29 de abril de 2012

TELEFONES CELULARES E CÂNCER AUMENTAM O ÍNDICA DE CÂNCER NO CÉREBRO EM JOVENS

No Estudo apresentado junto ao Conselho norte-americano de Tumores Cerebrais pelos autores Milan Malake e Courtney Corle da Universidade San Diego, Califórnia neste último periódico Journal of Neurooncology alertou a comunidade científica anticâncer internacional. Trata-se de um estudo seriíssimo tratando deste mau hábito que está virando mais do que uso útil, moda, abuso, dependência. Infelizmente isto é ainda mais freqüente em jovens que parece que extravasam toda a ansiedade em segurar, teclar e manter este campo magnético de alta freqüência em contato com seus órgãos vitais e cérebro. Nos últimos três anos a incidência de ambos tumores cerebrais benignos e malignos aumentou de acordo com Central Brain Tumor Registry ( CBTRUS) de 13.4/100 mil, para 18.2/100mil. Os telefones celulares vem sendo apontados como grandes vilões, tamanha é alteração do metabolismo e do fluxo sanguínea cerebral quando da exposição às radiações emitidas e os efeitos biológicos que advem desta exposição. Hoje nos EUA praticamente 250 milhões de indivíduos tem telefones celulares. Os jovens dormem sobre os telefones, vivem com os equipamentos ligados de alguma forma ao corpo e se expõe de maneira abusiva. Sabemos que crianças e jovens são mais susceptíveis aos efeitos deletérios dos agentes carcinogênicos presentes na radiação. Os tumores mais relacionados a estes efeitos são os Astrocitomas e Oligodendrogliomas e malignização de ambos é chamado Glioblastoma Multiforme, com prognóstico em torno de 14 meses, e somente 10% chegam a 5 anos.

Fonte: BuscaSaude

JOELHOS E COTOVELOS RESSECADOS TEM SOLUÇÃO

Não basta cuidar do rosto, colo e pescoço. A pele é o maior órgão do corpo humano e, portanto, precisamos estender os cuidados diários para áreas mais escondidas, porém não menos importantes. Joelhos e cotovelos estão entre elas. Se não forem bem hidratadas, ficam escurecidas, enrugadas, ressecadas e com aquele aspecto envelhecido.

No caso dos cotovelos, então, como são usados para apoio, eles ainda sofrem com o atrito, sendo ainda mais castigados. Para prevenir o problema, deve-se redobrar a hidratação dessas regiões com cremes mais potentes, de preferência à base de uréia, karité, ácido lático e óleo de amêndoas, pelo menos uma vez por dia.

Mas, se o problema já se instalou e os cuidados domésticos não estiverem surtindo os efeitos desejados, existem tratamentos a laser, como o de CO2 fracionado, que recuperam a pele, regenerando-a de dentro para fora e, de quebra, ainda melhoram muito a flacidez e o aparecimento de rugas, outros problemas também comuns a essas áreas.

Fonte: BuscaSAude

TUDO SOBRE A CREATINA

Quem frequenta academia de ginástica já deve ter ouvido falar na palavra “CREATINA”, que nada mais é que um suplemento que promete garantir energia de sobra pra malhar e ainda aumenta a massa muscular. Bom, teve uma época que esse suplemento tornou-se proibido, depois disseram que estava liberado.

Para pôr fim a esse disse-me-disse, e a todas as dúvidas referentes a este tema, segue abaixo uma matéria bem legal, publicada pela Revista Corpo a Corpo.

Após incansáveis discussões entre a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a indústria de suplementos alimentares e o setor acadêmico, o debate chegou ao fim. Finalmente, a creatina teve a sua comercialização liberada no Brasil como suplemento para atletas e deixou de ser considerada um medicamento tarjado e controlado por receita médica. Mas o seu consumo ainda gera polêmica. Seus defensores alegam que a substância dá mais pilha para os músculos e aumenta o muque. Lembram até que vários atletas já recorreram a essa espécie de, digamos, combustível, e não tiveram prejuízos para a saúde.

“O jogador Kaká, por exemplo, usou creatina em 2002 e não sofreu efeito colateral algum. Muito pelo contrário, ganhou massa muscular e melhorou seu desempenho”, lembra Turíbio Leite de Barros Neto, fisiologista do São Paulo e coordenador do Centro de Medicina Esportiva da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Outros, porém, acreditam que o consumo deve ser bem controlado, porque o excesso pode trazer sérias consequências para o organismo. Para tirar essa história a limpo, pedimos aos maiores especialistas sobre o assunto que esclarecessem todas as dúvidas. Acompanhe!

O que é a creatina?

R. “É um composto produzido naturalmente pelo nosso organismo para fornecer a energia necessária aos nossos músculos. Ela é produzida pelo fígado e, em seguida, levada pelo sangue para as células dos músculos, onde é convertida em fosfato de creatina. Lá, ela fica armazenada para ser ‘queimada’ durante a atividade física”, explica Regina Mestre, nutróloga (RJ).

Ela pode ser encontrada nos alimentos?

R. Sim, principalmente na carne vermelha e no peixe. E agora tem seu consumo liberado como suplemento, na forma de xarope ou pó.

Mas se ela é encontrada nos alimentos, por que consumi-la em suplementos?

R. A nutricionista Silvia Mantovani (SP) esclarece a questão: “dosagem ideal de creatina varia de 3 a 5 gramas por dia e nenhum alimento é rico o suficiente para fornecer essa quantidade. Para se ter uma ideia, 1 quilo de carne fornece apenas 4 gramas de creatina. Portanto, para melhorar o desempenho de atletas, é necessária a suplementação”.

Como ela age no organismo?

R. Para entender, é preciso compreender o mecanismo de uma molécula chamada ATP (adenosina trifosfato). “Quando nossos músculos precisam de energia para fazer algum movimento, um desses três fosfatos é utilizado. A função da creatina é recuperar esse fosfato para formar um novo ATP. Ela favorece rapidamente a recuperação desse combustível muscular”, explica Carlos Simeão Júnior, treinador da Body Systems e nutricionista da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Por isso, a creatina é indicada para esportes de explosão, como atletismo.

Então ela não faz efeito para quem pratica atividades de resistência, como a corrida?

R. A suplementação com creatina não é eficiente para as atividades de longa duração. “substância pode causar retenção de água e aumento no peso. E para maratonistas e triatletas, por exemplo, carregar mais peso pode ser um problema”, explica Júlio Tirapegui.

Quem frequenta a academia diariamente pode consumir o suplemento?

R. Não. Maria Cecília Britto, diretora da Anvisa (DF), alerta que o consumo deve ser restrito aos atletas profissionais, que praticam exercícios de alta intensidade. “Os demais devem seguir uma dieta balanceada e diversificada, suficiente para atender às necessidades nutricionais”, explica Maria Cecília Britto.

É verdade que ela aumenta a massa muscular em poucas semanas?

R. “É possível, mas varia de pessoa para pessoa. É preciso considerar o organismo e o treino que está sendo realizado”, explica o fisiologista Turíbio Leite.

A creatina provoca um inchaço do músculo?

R. A creatina consumida sob orientação de um nutricionista, acompanhada de alimentação balanceada e treino, pode aumentar a musculatura. “Ela dá mais
resistência muscular, o treino fica mais pesado e há uma hipertrofia. Mas se for consumida em excesso, haverá retenção de líquidos (o que nenhuma mulher gosta) e inchaço dos músculos”, alerta Alessandra Caviglia, nutricionista da academia Cia. Athletica (SP).

Ela pode causar outros efeitos colaterais?

R. Sim. Seu uso prolongado pode causar problemas no fígado e nos rins, órgãos que metabolizam a creatina e a removem do organismo. “Em uma sobrecarga de creatina, tanto pela dosagem alta quanto pela não necessidade do seu uso, esses órgãos ficam sobrecarregados, o que pode gerar insuficiência hepática e renal”, alerta Jomar Souza, especialista em Medicina do Exercício e do Esporte e Diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBME).

Como o suplemento é consumido?

R. Ele é encontrado na forma de pó ou xarope. Segundo o bioquímico Júlio Tirapegui, a dosagem inicial é de 20 ou 30 gramas por dia, nos nove primeiros dias. O que representa um aumento de 25% nos níveis de creatina muscular — muito superiores à quantidade que seria normalmente ingerida. Aa partir daí o consumo passa para 2 a 3 gramas por dia, durante dois meses e meio. Mas deve ser sempre consumida com orientação de um profissional da área de saúde.

Quem pode consumi-la?

R. “Apenas atletas profissionais, já que ela favorece o desempenho em atividades de força e também em esportes que necessitam de explosão muscular”, explica Júlio Tirapegui, bioquímico e professor da Universidade de São Paulo (USP) e um dos pesquisadores que participaram da consulta pública da Aanvisa. “Aproximadamente 95% da quantidade total de creatina que temos em nosso corpo é armazenada nos músculos com fibras de contração rápida. Por isso, sua ação é eficiente somente em exercícios de curta duração e de grande intensidade, como corridas de 100 metros e natação de 50 metros, onde existe a necessidade do praticante fazer uma reposição rápida de energia”, alerta o bioquímico ”

Fonte: BuscaSAude

RISCOS DA EFEDRINA

Muitas substâncias são encontradas no mundo dos suplementos com o intuito de perder peso e/ou proporcionar um estímulo energético (aumentar o desempenho do atleta). Dentre estas, uma muito utilizada durante a década de 90 foi a efedrina, que tem a função de estimular o sistema nervoso central através do sistema nervoso simpático. Os principais efeitos atribuídos à efedrina são: lipolítico, termogênico e anorexígeno.

O mecanismo de ação da efedrina está relacionado à liberação de catecolaminas através da estimulação de receptores α-1, β-1 e β-2 adrenérgicos. As consequências desse estímulo são: vasoconstrição e estimulação cardíaca, acarretando em elevação aguda da pressão arterial e da frequência cardíaca, além de midríase, insônia, vertigem, cefaléia e ansiedade. Geralmente, os suplementos a base de efedrina vem associados com cafeína, aumentando a ação da noradrenalina. Alguns estudos demonstraram que doses entre 15mg a 60mg de efedrina com cafeína, associados ou não ao exercício físico, favorecem o emagrecimento em um curto espaço de tempo.

Porém, estudos também relataram diversos efeitos adversos acontecem com a utilização da efedrina, principalmente com o uso crônico. Dentre esses efeitos estão os cardiovasculares, hipertensão arterial, arritmias, infarto agudo do miocárdio, morte súbita e miocardite, além dos neurológicos como acidente vascular cerebral (AVC) e hemorragia subaracnóide. Aproximadamente 1400 efeitos adversos foram relatados ao FDA de janeiro de 1993 a fevereiro de 2000. Tais incidentes incluíram 81 mortes, 32 ataques do coração, 62 casos de arritmia cardíaca, 91 casos de hipertensão arterial, 69 de acidentes vasculares cerebrais e 70 crises convulsivas. Diante dessa situação, em abril de 2004, o FDA proibiu a comercialização de suplementos que continham efedrina.

E para você que pensa que isso só irá acontecer com o uso contínuo… cuidado! Um estudo feito com ratos mostrou que diferentes doses de cafeína com efedrina podem levar a morte cerca de duas a quatro horas após a administração. Portanto, melhor não arriscar. O uso de outras substâncias como a sinefrina que é extraída do Citrus Aurantium (laranja amarga) consistem em uma melhor opção.

Dessa maneira, caso você queira utilizar suplementos alimentares voltados para o emagrecimento, tenha um pouco mais de critério na escolha e peça a opinião de um profissional da área. Vale ressaltar, que a prática de exercícios físicos e uma boa alimentação não podem ser deixadas de lado.

Escrito por Thomas Thássio Araújo
Fonte: Snc Salvador

CIGARRO E BELEZA

A maioria das pessoas conhece os impactos negativos do cigarro sobre a saúde em geral, principalmente em relação às doenças do coração e pulmão. Porém, poucos conhecem os efeitos do cigarro sobre a pele.

O fumante apresenta uma diminuição do fluxo sanguíneo nos tecidos periféricos como a pele, devido ao efeito vasoconstritor da nicotina. Por isso, há uma diminuição da oxigenação prejudicando a formação de colágeno e levando a um envelhecimento precoce da pele com perda da elasticidade e aparecimento de rugas.

Além disso, o tabaco dificulta os processos de cicatrização, aumentando as chances de formação de cicatrizes hipertróficas e até queloidianas após procedimentos cirúrgicos.

Portanto, cigarro e beleza são incompatíveis.

Fonte: BuscaSaude

OS BENEFÍCIOS DA AVEIA

Usado muito no café da manhã a aveia é um alimento nutritivo e saudável, seu consumo pode trazer vários benefícios à nossa saúde e nosso bem-estar.

Para ser garantido os benefícios da aveia é importante frisar que o consumo da mesma tem que ser regular, do contrário causam sintomas como gases aumentado e inchaço.

Um carboidrato que contém fibra solúvel e insolúvel a aveia em quantidade adequada auxilia na perda de peso. A fibra solúvel diminiu a absorção de açúcar e gordura no nosso intestino. A fibra insolúvel ajuda na eliminação de substâncias que podem levar ao câncer, reduz a chance de ter diverticulite e ajuda na regulação do trânsito intestinal.

A aveia contém também muitos antioxidantes que previnem contra o envelhecimento e o aparecimento de doenças, melhora o sistema imunológico, contém boro, um mineral importante para a saúde dos ossos e, contém zinco que auxilia na diminuição de acnes.

Grande aliada do coração a aveia ajuada a eliminar as gorduras do organismo, diminuindo o colesterol. Para quem tem diabete ela também é recomendada, pois normaliza os níveis de açúcar no sangue, a fibra e o magnésio presentes nela ajudam a absorver a glicose e a segregar a insulina.

Os benefícios que podemos ter com a aveia são muitos, mas como mencionado, seu consumo tem que ser regular.

Fonte: BuscaSaúde

CUIDADOS DE SAÚDE NAS ENCHENTES

Sofremos sempre nessa época do ano com as enchentes e desabamentos de casas em locais risco e construções irregulares. Enquanto providências mais sérias não são tomadas pelas autoridades para evitar que esses alagamentos continuem acontecendo, vamos divulgar para a população como devemos proceder em caso de enchentes.

Vejam abaixo as informações divulgadas pelo Ministério da Saúde com dicas de como se proteger de doenças disseminadas pelas águas das enchentes.

A Secretaria da Saúde alerta a população para tomar cuidado com as águas de enchentes, alagamentos e formação de locais enlameados, pois podem favorecer o aparecimento de leptospirose. A doença é causada por uma bactéria presente na urina de ratos que, com as chuvas, se mistura às águas de valetas, lagoas e cavas. Essa bactéria penetra no corpo humano através de pequenos ferimentos na pele. Para evitar casos da doença, a população deve tomar alguns cuidados em caso de contato com água contaminada.

O período de incubação da doença é, em média, de sete a 14 dias após o contato com a água contaminada. Assim, a doença só poderá ser detectada com maior segurança com a realização de exames laboratoriais feitos uma semana depois do início dos sintomas, quando o médico deve ser procurado, para poder iniciar o tratamento precocemente.

Os primeiros sinais da doença são febre alta, mal-estar, dores de cabeça constantes e intensas, dores pelo corpo, principalmente na panturrilha (barriga da perna), cansaço e calafrios. Também são freqüentes dores abdominais, náuseas, vômitos, diarréia e desidratação. É comum que os olhos fiquem amarelados. Em algumas pessoas os sintomas reaparecem após dois ou três dias de aparente melhora, podendo evoluir para um quadro grave de insuficiência renal e respiratória.

Cuidados importantes antes e depois da enchente:

• Não jogar lixo ou objetos nos rios. Isso represa as águas e com a chuva pode causar enchentes;

• Não brincar ou nadar em lagos e córregos nem nas águas de enchente;

• Evitar contato com água e lama, usando sempre botas e luvas de borracha, ou sacos plásticos amarrados nos pés e nos braços;

• Colocar o lixo em sacos plásticos e em recipientes tampados, para evitar a proliferação de ratos;

• Inutilizar alimentos naturais ou preparados assim como medicamentos que entraram em contato com a água da enchente;

• Manter os quintais sempre limpos, evitando acumular entulhos que favoreçam o esconderijo de ratos;

• Guardar os alimentos em lugares secos e dentro de recipientes fechados;

• Colocar telas nos ralos para evitar o acesso de roedores;

• Solicitar água da Sanepar ou prefeitura no caso de falta de água;

• Não usar água de poço inundado, antes da desinfecção;

• Lavar e desinfetar utensílios e a caixa de água;

• Usar água sanitária (ou a solução de hipoclorito) para tratar a água de beber e cozinhar

• Lavar a residência com água limpa e desinfetante.

Cuidados com a saúde nas enchentes

As enchentes aumentam os riscos de contágio de doenças como a leptospirose, a hepatite e diarréias agudas. Nas enchentes o sistema doméstico de armazenamento de água pode ser contamina e, por isso, uma das primeiras providências deve ser a de desinfetar os reservatórios de água, mesmo quando não tenham sido atingidos diretamente pelas águas da enchente. O motivo é que a rede de distribuição de água pode apresentar vazamentos que permitem a entrada de água poluída, contaminando os reservatórios domésticos.

Para limpar e desinfetar reservatórios domésticos de água recomenda-se esvaziar completamente a caixa ou o tambor onde a água é guardada, retirando toda a sujeira com ajuda de panos, baldes e pás, e lavar o recipiente esfregando bem as paredes e o fundo. Após concluída a limpeza colocar um litro de água sanitária ( ou hipoclorito de Sódio diluído na proporção de 2,5%) para cada mil litros de água do reservatório. A seguir deve-se abrir a água para que a caixa fique cheia. Aguardar 30 minutos e, então, abrir o registro de saída da caixa por alguns segundos de modo a que a tubulação fique cheia do líquido. Atenção: não abra as torneiras de casa durante 30 minutos para a completa desinfecção tanto do reservatório como da tubulação.

Após o período de 30 minutos deve-se abrir todas as torneiras, esgotando-se a água. (Pode-se usar essa água para fazer limpeza do chão e das paredes das casas atingidas pela enchente). Se você não tem uma caixa de água ou um barril, faça o seguinte cálculo: para um balde de vinte litros deve-se usar quatro chícaras de café de água sanitária.

Em casos de enchentes todos devem permanecer o menor tempo possível em contato com as águas. Se isso for impossível, as mãos e os pés devem ser protegidos por botas e luvas. Se isso também não for possível pode-se improvisar proteção amarrando os pés e as mãos com sacos de plástico (desde que não estejam furados).

As lamas das enchentes têm alto poder infectante. Ela adere aos móveis, paredes e chão. Recomenda-se tirar essa lama, também com pés e mãos protegidos. O local deve ser lavado e desinfetado com água sanitária. Não se deve permitir que crianças brinquem nas águas das enchentes sob o perigo de ficarem seriamente doentes.

É muito importante, também, o cuidado com os alimentos pois, quando entram em contato com as águas das enchentes, podem ficar contaminados. Por isso deve-se manter os alimentos não perecíveis acondicionados em recipientes fechados, longe do alcance de roedores, insetos e outros animais. Lave sempre as mãos, com sabão e água limpa, antes de manipular os alimentos.



DICAS PARA MELHORAR DA INSÔNIA


Dormir bem é fundamental para manter uma boa saúde física e mental.
A maioria das pessoas sofre de insônia por ansiedade. Fatores como stress e ansiedade atrapalham nosso sono e podem desencadear sintomas como irritação, depressão, queda na produtividade, alterações de memória e de concentração, dificuldade de aprendizado, entre outros.

Veja algumas dicas que ajudam a melhorar a insônia:

• Procure manter horários regulares para deitar e acordar. Essa prática ajuda a manter uma regularidade do ritmo biológico.
• Mantenha a tranqüilidade do local onde você dorme, evitando utilizá-lo para outras atividades como estudar, assistir TV, jogar vídeo-game etc.
• Se for ler algum livro ou assistir um filme, evite os que possuem conteúdo estimulante (suspense ou terror).
• Os sons, a luminosidade e a temperatura podem interferir na qualidade do sono. O corpo humano precisa de uma temperatura agradável e de um ambiente silencioso com o mínimo de iluminação, para um bom sono.
• Não vá dormir com fome ou alimentado em excesso, pois refeições pesadas podem causar grande desconforto. Lanches leves pouco antes de dormir, acompanhados por bebidas quentes (leite, etc.) podem ajudá-lo a dormir.
• À noite, evite tomar café, chá preto, bebidas do tipo “COLA” ou “GUARANÁ”, pois são bebidas estimulantes.
• Evite o consumo de bebidas alcoólicas à noite, mesmo que elas pareçam induzir o sono, a qualidade do mesmo não é satisfatória. Alguns pacientes podem sentir uma piora dos sintomas de depressão no dia seguinte.
• Evite fumar à noite, já que a nicotina pode ter efeito estimulante.
• Durma somente o tempo suficiente para se sentir bem. Ficar na cama mais do que o necessário pode prejudicar o sono da noite seguinte.
• Evite “brigar com a cama”. Se tentar, e não conseguir dormir levante e tente fazer algo enfadonho ou repetitivo, como ler um livro cansativo. Ouvir uma música suave pode ser relaxante.
• Pratique exercícios físicos. Desde que sejam moderados e regulares, os exercícios físicos facilitam o sono.
• Alguns tipos de chás, tais como de erva cidreira ou folhas de maracujá, podem ajudá-lo a dormir.
• Espreguiçar-se na cama e usar métodos de relaxamento físico, facilitam a conciliação do sono.
• Ao deitar-se, relaxe e pense em coisas amenas, isolando-se dos problemas cotidianos.
• Nunca utilize medicamentos tranqüilizantes para dormir sem orientação e receita médica. Tais produtos sem um rigoroso controle médico poderão prejudicar a sua saúde.

Se você está sofrendo de insônia, procure orientação médica. Somente um profissional poderá orientar sobre o tratamento mais adequado.

Fonte: Busca Saude

TRANSFORME SEU CORPO COM ALIMENTO CERTO

As proteínas têm papel fundamental no organismo. Agindo na reparação e construção de tecidos, elas são essenciais em dietas para perder gordura e em exercícios físicos. A molécula de proteína é construída a partir de seus aminoácidos. São cerca de 200 presentes na natureza, mas apenas 21 são metabolizados pelo organismo humano. Entre estes, há oito que são chamados essencias, isto é, não sendo sintetizados pelo nosso organismo, devem ser fornecidos pelos alimentos. Os outros 13 produzidos no organismo são chamados de não-essenciais.

AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS
Leucina, isoleucina, valina, triptofano, metionina, fenilalanina, treonina e lisina (a histidina é um aminoácido essencial na infância). Aminoácidos não-essenciais: Alanina, arginina, ácido aspártico, aspargina, ácido glutâmico, cistina, cisteína, glicina, glutamina, hidroxiprolina, prolina, serina e tirosina.

Os aminoácidos essenciais contribuem consideravelmente para o aumento da resistência física, pois durante as atividades de longa duração são utilizados pelos músculos para fornecimento de energia.

Dentre as fontes de proteínas parcialmente completas – aquelas que contém todos os aminoácidos essenciais em quantidades e proporções ideais para atender às necessidades orgânicas – estão os ovos, o leite, a carne, o peixe e as aves. Os alimentos de alta qualidade protéica são essencialmente de origem animal, enquanto a maioria das proteínas vegetais (lentilhas, feijões, ervilhas, soja, etc) são incompleta em termos de conteúdo protéico e, portanto, possui um valor biológico relativamente menor.

O que eles fazem?
Aproximadamente 75% da matéria sólida do corpo é constituída por proteína ou possui proteínas como componentes importantes. Isto inclui proteínas estruturais, enzimas, genes, proteínas transportadoras de oxigênio, proteínas musculares entre outros que realizam funções específicas no corpo. Uma molécula de proteína não pode ser manufaturada pelo corpo até que todos os aminoácidos necessários estejam presentes. Na realidade, todos os aminoácidos nutricionalmente essenciais devem estar disponíveis no local da síntese de proteína antes que qualquer um deles possa atuar. Isso significa que a cada refeição ingerida deve conter todos esses aminoácidos essenciais em quantidade suficiente para efetuar a síntese de proteína.

Síntese de proteína
Para conseguirmos sintetizar corretamente as proteínas, necessitamos de aminoácidos em quantidade suficiente para concluir a tarefa. Se existir algum aminoácido em falta, pode ser o suficiente para restringir a quantidade de proteína que é absorvida pelo corpo, independentemente da quantidade existente dos outros aminoácidos.

Como os aminoácidos agem no corpo
Uma vez penetrados na corrente sanguínea, os aminoácidos são rapidamente transportados através do corpo. Um pequeno número deles é utilizado imediatamente, dependendo das necessidades dos vários tecidos nessa ocasião. Num intervalo de tempo equivalente a 10 minutos, todos os aminoácidos são usados na síntese de proteína ou são armazenados. O excesso de aminoácidos é utilizado como parte de energia ou estocado na forma de gordura branca. Os aminoácidos são estocados principalmente no fígado, mucosa intestinal, sangue ou no interior das células na forma de proteínas intracelulares.

Imediatamente após os aminoácidos terem penetrado na corrente sanguínea, suas concentrações se elevam discretamente, devido à rapidez com que são utilizados ou estocados. Durante o período de um dia, os aminoácidos são sistematicamente reconvocados e transportados pelo sangue até os locais onde são requisitados.
Vários gramas de proteínas são transportados a cada hora na forma de aminoácidos circulantes. O crescimento muscular depende da eficiência com que os aminoácidos atingem os tecidos que necessitam deles.

Importante saber
O inter-relacionamento de todos os nutrientes da alimentação de uma pessoa, incluindo os aminoácidos, nunca deve ser interpretado de forma irresponsável e imprudente, pois se não existir um ambiente bioquímico apropriado dentro do corpo não irão ocorrer o crescimento e o desenvolvimento. Os aminoácidos se combinam com vitaminas e minerais e servem como matéria prima para que o corpo fabrique enzimas, hormônios e outros agentes metabólicos. Ao contrário das proteínas alimentares, os aminoácidos não requerem digestão e são diretamente absorvidos, além de não sobrecarregarem o estômago e os intestinos.

É importante traçar o caminho percorrido pelas proteínas ingeridas na alimentação ao passarem pelo trato gastrintestinal, ao penetrarem na corrente sanguínea e ao atingirem os locais onde elas são necessárias.

A Importância de um prato equilibrado na questão das proteínas, aminoácidos, vitaminas e minerais, enzimas digestivas e fibras.

Verifique que o suplemento contém todos os aminoácidos essenciais, nas proporções corretas.Os aminoácido essenciais são mais bem absorvido em jejum.Opte por comprar alimentos completos.
Linha De Alimentos Actittud+

Todos nossos cardápios possuem as Proteínas necessárias acrescidas dos aminoácidos essenciais faltantes na proporção molar humana, mais as vitaminas, os minerais e nas porções frias temos as enzimas, fibras e gorduras do bem(do coco) necessários para potencializar o aproveitamento do alimento.

Fonte: BuscaSaude

FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA

O QUE É A FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA?

A fisioterapia respiratória, pode definir-se como a intervenção no âmbito da fisioterapia, que utiliza estratégias, meios e técnicas de avaliação e tratamento, não-invasivas, que têm como objectivo a optimização do transporte de oxigênio, contribuindo assim para prevenir, reverter ou minimizar disfunções a esse nível, promovendo a máxima funcionalidade e qualidade de vida dos pacientes. A Intervenção do Fisioterapeuta em pacientes com disfunção cardio respiratória ou em risco de as desenvolver, baseia-se no seu exame, tratamento e Avaliação dos resultados.

Para atingir os seus objetivos o Fisioterapeuta utiliza técnicas manuais e/ou instrumentais, o exercício, o posicionamento, a educação e o aconselhamento. A intervenção do fisioterapeuta na área das condições cárdio-respiratórias envolve da parte deste, um exame adequado do paciente, uma avaliação dos dados recolhidos que lhe permitam identificar, relacionar e hierarquizar os problemas que podem beneficiar com a sua intervenção (diagnóstico), um domínio ao nível do conhecimento e execução das técnicas de tratamento e necessidade de avaliar os resultados da sua intervenção ao nível da estrutura e função, da atividade e da participação social.

A sua intervenção junto de pacientes com disfunção respiratória aguda, cronica ou cronica agudizada requer um nível de experiência que só pode ser atingido com uma prática continuada, um conhecimento atualizado, uma avaliação constante dos resultados e uma atitude crítica e reflexiva sobre a sua prática clínica.

Fonte: BuscaSAude

CIRURGIA PLÁSTICA ÍNTIMA

Hipertrofia de pequenos lábios.


A hipertrofia de pequenos lábios vulvares tem sido relatada com alguma freqüência, sendo na maioria das vezes discreta, mas pode ocasionalmente, trazer algum tipo de desconforto para a paciente.
O tratamento e feito na maioria das vezes pelo cirurgião plástico, que vê a cirurgia com naturalidade. Cirurgia simples, não importa em grandes períodos de repouso, não há necessidade de internação. Na maioria das vezes feita sob anestesia local, não há necessidade de retirada de pontos, pois os mesmos são absorvíveis.

Aumento do púbis, por acumulo de gordura. 
Provoca um certo constrangimento para algumas mulheres, pois quando do uso de biquíni, na praia, a região fica bem evidente, recebendo ate alguns apelidos, bem inconvenientes. De correção simples, não há necessidade de internação e feita sob anestesia loca, com a aspiração da gordura da região.

Queda da genitália. 
Muito comum com o avançar da idade, existe uma flacidez importante da região pubiana e com isto uma queda de toda a região. Pode ser corrigida com a retirada deste excesso de pele, aproveitando a própria cicatriz da Cesárea, caso houver. Sob anestesia local, também não há necessidade de internação.

Cirurgia da Genitália Feminina

Indicada para mulheres que sentem-se incomodadas com a sua aparência intima, os motivos mais comuns estão no excesso do tamanho dos pequenos ou grandes lábios ou ainda com o volume excessivo do púbis, a solução destes problemas é muito simples e devolve a mulher situação psicológica equilibrada.

Anestesia: Local + Sedação
Tempo de Cirurgia: Aproximadamente 1 hora(s)
Tempo de Internação: Aproximadamente 6 hora(s)
Recuperação: aproximadamente 1 semana
Atividade Sexual: abstinência aproximadamente 30 dias

Fonte: BuscaSaúde

OLÉO DE COCO EXTRA VIRGEM NA NA DOSE CERTA SÓ FAZ BEM!

Iniciar uma dieta à base de óleo de coco extra virgem poderá gerar algumas dúvidas. Para um melhor esclarecimento, consultamos a Especialista em Nutrologia, Dra. Tamara Mazaracki, que é Membro da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), Pós-graduada em Terapia Ortomolecular, Nutrição Celular e Longevidade. Em nossa entrevista, foi possível verificar que ingerir o óleo de coco extra virgem só pode fazer o bem!

Para a entrevista a seguir, utilizamos dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cujo padrão nutricional recomendado para a ingestão diária de quilocalorias (kcal) está em torno de 55% a 75% de carboidratos, 10% a 15% de proteínas e entre 15% e 30% de lipídios (gorduras). A dieta diária deve somar em torno de 2.000 kcal para um adulto, e 1.800 kcal para uma criança.
Dra. Tamara, poderia esclarecer se o uso de óleo de coco extra vigem, na quantidade de até duas colheres de sopa, iria de encontro às determinações preconizadas para uma boa nutrição?

Dra Tamara – No meu entender, seguindo a OMS, a dieta deve ter 55% de carbos, 15% de proteínas e 30% de gorduras. Não vejo nenhum problema em se tomar até 3 (três) colheres de sopa, que são indicadas para o benefício máximo do óleo de coco. Gostaria de lembrar que na Dieta Mediterrânea, os gregos tomam um copinho de azeite antes das refeições principais, o que perfaz bem mais que 3 (três) colheres de sopa desta também preciosa gordura.

Por se tratar de uma gordura saturada, poderá transparecer ser prejudicial à saúde. O que difere essa gordura das demais?
Dra Tamara -O óleo de coco extra virgem tem composição semelhante ao do leite humano, de fácil digestão, rápida produção de energia e, sobretudo, efeito benéfico sobre o sistema imunológico ao se transformar no organismo humano em Monolauril, um monoglicerídeo de ação antibacteriana, antiviral e antiprotozoária. Antes de tudo o óleo de coco é considerado um alimento funcional.

Poderia tecer um comentário sobre pesquisas que relacionam o óleo de coco extra virgem à alimentação?
Dra Tamara – Há inúmeros livros publicados sobre o assunto, relacionando os benefícios do óleo de coco extra virgem em doenças tireoidianas, emagrecimento, doenças intestinais, candidíase, fadiga crônica, diabetes, AIDS, parasitoses e muito mais. As pesquisas mais recentes provam claramente que o óleo de coco não causa aterosclerose e doença cardíaca, apesar de ser uma gordura saturada.

Em um estudo publicado no Clinical Biochemistry, 2004, os pesquisadores alimentaram as cobaias com óleo de coco extra virgem e detectaram um efeito benéfico na redução do colesterol total, triglicerídeos, fosfolipídios e colesterol LDL. Houve um aumento no colesterol bom, o HDL. Além disso, frações ativas de polifenol presentes no óleo de coco preveniram a oxidação do colesterol LDL in vitro, Sabe-se que a oxidação do colesterol é que causa a formação de placa aterosclerótica. – Beneficial effects of virgin coconut oil on lipid parameters and in vitro LDL oxidation. K.G.Nevin and T. Rajamohan, Clinical Biochemistry 37,2004;830-835.

Um grande número de estudos mostra uma correlação direta entre infecções crônicas e sub-clínicas por bactérias e vírus, e doença coronariana. Os maiores culpados são Chlamydia pneumoniae, Cytomegalovirus, e Helicobacter pylori. Cada um deles, e muitos outros, são efetivamente combatidos pelos TCM presentes no óleo de coco extravirgem, o que pode efetivamente reduzir a incidência de doenças cardiovasculares. E mais, o óleo de coco, com seu efeito termogênico e sacietógeno, ajuda a promover o emagrecimento saudável.

Como indicar o uso do óleo de coco extra virgem dentro dos conceitos da OMS?
Dra Tamara – Falando em calorias, uma colher de sopa bem cheia de óleo de coco contém 115 calorias. Três colheres serão 350 calorias aproximadamente. Se a ingestão calórica está em torno de 2.000 calorias, temos aqui 15 % da ingestão diária recomendada, podendo o indivíduo ainda se beneficiar do uso de azeite e da ingestão de sementes oleaginosas diversas, sem ultrapassar a cota de 30%.

Por Monica Coronel

CHÁ BRANCO

 No Brasil o chá branco vem ganhando seu espaço. Ainda mais poderoso que o chá verde, suas propriedades ficam mais concentradas se for menos processado. Um de seus benefícios é a queima de gordura do corpo.

O chá branco acelera o metabolismo e ajuda na eliminação da gordura corporal, os responsáveis são os antioxidantes presentes na Camellia sinensis, a cafeína, entre outros compostos.

Cammellia sinensis possui substâncias que ajudam a previnir cáries, ativam o sistema imunológico, têm ação antiinflamatória e antigripal e com tantos benefícios ainda regeneram a pele.

Ótima fonte de juventude o chá branco apresenta maior concentração de polifenóis, entre outros antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres, principais responsáveis pelo envelhecimento celular.

Para quem têm problemas cardíacos o chá branco atua na diminuição das taxas de LDL ( colesterol ruim que bloqueia as artérias), evitando problemas como aterosclerose e infarto.

Que tal tomar uma xícara, quente ou fria, ao dia?

Fonte: BuscaSAude

EXCESSO DE CORTISOL CAUSA OBESIDADE

A exposição prolongada a quantidades excessivas de corticóides causa a chamada Síndrome de Cushing (SC). A SC tem como etiologia mais comum a administração terapêutica de corticóides, principalmente quando usado de forma prolongada ou, menos frequentemente, tumores produtores de cortisol. Esses tumores podem estar localizados tanto em glândulas acima dos rins, chamadas adrenais, ou na hipófise, pequena glândula localizada na cabeça. Entretanto, independente da etiologia do excesso de cortisol, a manifestação clínica mais freqüente é a obesidade.

Normalmente, a obesidade é predominantemente abdominal e pode vir acompanhada de outros sinais e sintomas característicos que incluem: diabetes, pressão alta, depressão, rosto arredondado semelhante à lua cheia, estrias avermelhadas no abdome, fraqueza muscular, diminuição de libido… As mulheres podem apresentar também irregularidade menstrual. Crianças podem ser acometidas e, além de apresentar as manifestações já descritas, podem ter diminuição da velocidade de crescimento. Exames de sangue, urina e alguns exames de imagem ajudam a definir a causa do problema. O tratamento dos tumores normalmente é cirúrgico, entretanto, algumas medicações podem ser usadas para diminuir o excesso do cortisol. Procure seu endocrinologista, ele é o especialista que poderá ajudar a diagnosticar e tratar esse problema.

Fonte: BuscaSaúde

INIBIDORES DE APETITE: PROIBIR OU NÃO?

Contrário a proibição, o endocrinologista, Dr. Barakat, defende o uso de inibidores

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quer proibir a venda de inibidores de apetite à base de sibutramina e de anfetaminas (anfepramona, femproporex e mazindol). Para o nutrólogo e endocrinologista, especialista em metabologia e fisiologia do exercício, Dr. Mohamad Barakat, a proibição é radical e prejudica o tratamento de alguns pacientes que necessitam clinicamente dos inibidores na fase inicial do tratamento. “A Anvisa não pode tirar esta opção terapêutica. Para determinados casos uma dieta alimentar e exercícios não surtem efeito sendo necessário o uso de inibidores de apetite.”

Segundo Barakat, a proibição vai fazer com que as pessoas que antes tomavam inibidores de apetite com acompanhamento médico, passem a buscá-los no mercado negro, e façam uso indiscriminado. “Isso sim, representa um risco incalculável à saúde”, defende o especialista.
Ele afirma que os médicos devem ter autonomia em suas decisões clínicas e defende que, se prescritos com critério e cuidado, os inibidores de apetite são úteis. “Nós estudamos, nos dedicamos e trabalhamos para oferecer o melhor ao paciente, por isso se em determinado momento a utilização dessas drogas são indicadas. A Anvisa não deveria interferir nesses casos. Vale lembrar que o papel da Agência é regulamentar a venda e fiscalizar, mas retirar do mercado só piora a situação”, finaliza o endocrinologista, que é sócio-fundador do Instituto de Medicina Integrada, Health4Life.

Fonte: BuscaSaude

VOCÊ É AQUILO QUE VOCÊ COME! FAÇA A ESCOLHA CERTA.

A alimentação saudável , pode muitas vezes influenciar na prevenção de algumas doenças, sintomas é até mesmo na idade fisiológica, tudo dependerá de suas escolhas alimentares e de seu estilo de vida. Fazer uma dieta rica em nutrientes e antioxidantes é a melhor escolha sem dúvida.

A função dos AntiOxidantes , tanto dos obtidos por meio da alimentação e dos suplementos quanto os produzidos naturalmente pelo nosso organismo, é diminuir o número de radicais livres,(moléculas instáveis q em excesso podem danificar células saudáveis) e assim limitar danos às células e ao metabolismo.

A cada dia , mais alimentos tem suas propriedades pesquisadas e são indicados muitas vezes no tratamento auxiliar e na manutenção da saúde !!

Pequenas mudanças na alimentação podem fazer grandes diferenças , então tente introduzir ao seu cardápio alguns desses alimentos e tenha uma vida mais saudável !!!!

Linhaça
AÇÃO: Antiinflamatória,antioxidante, diminui o colesterol total e o LDL
Recomendação:1 colher de sopa da semente triturada por dia

Alho
AÇÃO: Antioxidante, diminui o colesterol total e o LDL ( colesterol ruim) e aumentam o HDL (considerado o bom colesterol), estimula o sistema imune.
Recomendação: 3 dentes de alho socados crú por dia.

Vinho Tinto 
AÇÃO: Prevenção de DCV e aterosclerose, possui ainda uma ação antioxidante e cardioprotetora, reduz a ação do envelhecimento e do Mal de Alzheimer.
Recomendação: 1 taça por dia

Azeite
AÇÃO: Antioxidante, diminui o colesterol total e o LDL ( colesterol ruim) e aumentam o HDL (considerado o bom colesterol), diminui o risco de derrame e de doenças cardiovasculares e ainda auxilia no controle de diabetes
Recomendação: 1 colher de sopa ao dia sem aquecimento

Abacate
AÇÃO: Antioxidante, rico em vitamians do complexo B e outros nutrientes,auxiliam na redução de risco de doenças entre elas relacionadas ao coração e câncer. Diminue os níveis de colesterol e possui ainda um nutriente capaz de baixar o nível de cortisol no sangue ( hormônio do estresse).
Recomendação: 2 colheres de sopa 3 vezes na semana

Chá verde
AÇÃO: Antioxidante, redução no risco de câncer entre outros
Recomendação: 3 a 4 xícaras por dia

Nozes ,castanhas e amendoas
AÇÃO: Antioxidante, melhoram a saciedade, tem papel chave na redução do colesterol
Recomendação: 30 gr.por dia

Chocolate (cacau)
AÇÃO: Antioxidante, ótimo na prevenção de DCV ( doenças cardio vasculares)
Recomendação: 30 gr/dia de chocolate com 70% de massa de cacau

Cereais Integrais (arroz, amaranto,cevada,quinoa,painço)
AÇÃO: Antioxidante, melhora na função intestinal, , redução no risco de câncer, diminui o colesterol total e o LDL
Recomendação: 1 porção de alimentos a base de grãos integrais, pode já produzir efeitos benéficos a saúde.

Óleos de semente de abóbora e óleo de macadâmia
AÇÃO: Antioxidante , e antiinflamatória , com capacidade de reter água deixando a pele macia e hidratada.
Recomendação: 1 colher de sopa por dia

Açaí e Frutas Vermelhas 
AÇÃO: Possuem flavonóides com ação Antioxidante , sintetizam o colágenos
Recomendação: 1 copo de suco de frutas vermelhas por dia

Fonte: BuscaSaude